DiVersos / Notícias / Revistas

Participação na Revista Di Versos n 12

*

aspergia verão em todos os momentos.
um simples olhar bastava para evocar
em mim a eterna história masculina:
brilho nas palavras, nos lábios,
desejo absoluto de um corpo doce.
a humanidade que somos não dispensa
o rito, a flecha, o arco,
uma carne que não é fértil sem sangrar.
a dor é, novamente, apenas um desenho sem rosto.

*

nunca sei onde está a voz
que afinal não perdi. já
sou homem assim: com
versos. volto ao princípio.
eis a arte incompreensível dos
regressos, os inícios que são,
a toda a hora, diferentes.
é inevitável: sou uma outra pessoa,
estou de pé, sereno, ao lado
da emoção primordial.

(entre outros textos)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s