Jorge de Sena / Poesia Portuguesa

“Estava a Silvana, coitada” Jorge de Sena

Estava a Silvana, coitada,
cosendo à sua janela,
quando veio a cavalgada
a prendê-la sem perdão.
Silvana tão desgraçada,
onde te levam assim?
Porque presa vais levada
por gente má e mesquinha?
De que crime és castigada?
Ai não sei porque me levam
a cavalo pela estrada
estes homens à cadeia.
Nem eles sabem de nada
a mais das ordens que têm
e de que estou condenada,
tão nova ainda e sem mal,
àquela casa envisgada
onde quem entra não sai.
E tu que me vês tomada
à falsa-fé, inocente,
sabes tu se fui julgada?
Não tive amante ou ninguém
de quem fosse embaraçada,
não conspirei, não pensei,
não escrevi, nem despeitada
disse mal de meus vizinhos!
Porque me levam coitada?
Ah Silvana, não perguntes
de que crime és acusada,
que eu não sei te responder.
Não foste aqui baptizada?
Parida aqui não hás sido?
Nesta orla do mar praiada
em brancas areias finas?
Junto à montanha escalvada,
à beira do claro rio,
onde a terra de alagada
se faz verde ao sol e ao vento?
Mulher feita a ser amada,
não foi aqui que te viste?
Silvana, pobre e apagada,
presa estavas à janela,
mirando a terra alagada,
o rumor do claro rio,
a montanha tão escalvada
e essa branca areia fina
onde o mar faz sua entrada:
Não estavas presa na vida?
De uma janela engradada
tudo isso não mais verás.
E pelos guardas violada,
nem mesmo quererás ver
quem sentes ir na calçada.
Já Silvana não ouviu
na distância agigantada
resposta que não pedira.
Pobre Silvana, coitada
de que serve perguntar
a quem vive encarcerada,
ou presa à sua janela,
ou dos algozes violada?
Silvana foi-se. E aparece
outra Silvana assentada
cosendo à mesma janela.
Ai em que terra parada
Silvana não tem destino?
Em que terra enfeitiçada
É Silvana e quem a prende?
Silvana de silva e nada
e Silva de vana Silva

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s