August Stramm / Poesia do Mundo

Três poemas de August Stramm

Melancolia
Avançando investindo
A vida anseia
Tremente estacando
Olhares procuram
O morrer cresce
O grito
Que chega!
No fundo
Mudos
Nós.
*
Patrulha
Pedras hostis
Janelas riem traição
Ramos estrangulam
Do monte o mato restolhante escama
O estrilo
Da Morte.
*
Desesperado
No alto escacara-se áspera pedra
A noite moi vidro
Os tempos param
Eu
Pedra
Longe
Vidras
Tu.

(Tradução Jorge de Sena)

August Stramm nasceu em Munster, na Alemanha, em 1874, estudou em Aachen (Aix-la-Chapelle), e foi empregado dos correios em Bremen, e depois funcionário em Berlim. Entretanto formara-se em filosofia em Halle. Morreu em combate na frente russa, na !ª Guerra Mundial, em 1915. Um dos maiores poetas do Expressionismo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s