Juan Ramon Jimenez / Poesia do Mundo

Vai devagar… Juan Ramon Jimenez

Vai devagar, não corras,

pois aonde tens que ir é só a ti!

Vai devagar, não corras,

que o menino do teu eu, recém-nascido

eterno,

não poderá seguir-te!

*

(trad. José Bento)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s