Escritas em prosa

Mitos do eterno retorno

A telenovela socorre-se de uma narrativa que imita um gesto antigo: conta uma história que tem um pico de tensão e interesse, para depois proceder por retrocesso. O segredo destes folhetins reside precisamente aí: na arte de fazer avançar a acção, para de seguida a diluir e recomeçar tudo de novo.

In crónica publica no O Primeiro de Janeiro, 29 de Agosto de 2007

RT

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s