Angelus Silesius / Poesia do Mundo

Dois textos de Angelus Silesius

*

O homem é a coisa mais suprema

Nada me parece elevado: eu sou a coisa mais suprema,

Porque o próprio Deus sem mim é para si diminuto.

*

A solidão

A solidão é sofrimento; mas se não te isolares

Poderás estar em toda a parte num deserto.

Angelus Silesius, A Rosa é sem porquê, Lisboa, 1991, Vega.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s