Rui Tinoco - Poesia

Caim

Caim levando Abel para a morte de Tissot

Caim, mas ainda irmão,

as frases corretas

numa mensagem incompreensível.

quero dizer: estamos perante

um homem, aquele que inventou

o homicídio, quando no fundo,

sabemo-lo, poderia ter sido

qualquer um de nós numa

tarde rubra, o sol

a incendiar todo o ódio. olharíamos

depois as nossas mãos ensanguentadas

«elas não são nossas»

«não foram elas»

mas aí está o sangue

aí estão os braços

como duas claras frases

a unir o coração já puro

aos vestígios do crime que é

impossível apagar.

RT, 2012

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s