Rui Tinoco - Poesia

a página em branco como

a página em branco como

uma forma de paisagem. é

a caminhar que surgem

ideias, misturadas com a

magnitude do panorama. o

que se recolhe nos olhos, embate

nas palavras, para se refletir

– parcialmente – na sombra

que o poema constitui.

abril 2013

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s