Pierre Louÿs / Sublinhados

Passagem de Afrodite, Pierre Louÿs

«Nada se vê de tão perto como o rosto da mulher amada. Vistos na aproximação excessiva do beijo, os olhos de Crísis parecem enormes.»

Afrodite de Pierre Louÿs (edição de 2006 Guimarães Editores, p. 168).

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s