Rui Tinoco - Poesia

rodeio-me de todas as personagens

rodeio-me de todas as personagens

desenho versos ao acaso. elas

aproximam-se e sentam-se.

apresento-as. o crítico literário,

o leitor, o escritor, a diseuse,

a amante abandonada e a cruel.

mas afinal quem sou eu? esta

mão que guia os versos?, uma sombra

indecisa que se dirige

a vós, os verdadeiros leitores,

tão encapuçados quanto eu?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s