Rui Tinoco - Poesia

Invoco a dança

Invoco a dança,

a celebração do relâmpago

em nós mesmos,

mas quando suspendo os gestos

irrompe o mesmo silêncio

o mesmo desenho onde nasci:

corpo,

fragmento do paraíso desfeito

que perdemos

e não conseguimos recuperar.

1995

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s