Francisco Cardo / Poesia Portuguesa / Revistas

Indiferença – Francisco Cardo

Assim incisiva

esta indiferença

marca decisiva

sua sentença.

 

E sem detença

o mal se criva

morre a presença

fica a sombra cativa.

*

(na revista de poesia e tradução DiVersos – 21)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s