João Miguel Fernandes Jorge

Lugares de memória de João Miguel Fernandes Jorge

Virás dentro do giz, adormecida em nuvens,

com esse fio de prata nos cabelos.

António Franco Alexandre

Outros virão mais capazes de gostar.

.

Morre-se sempre pelo lado do inverno

adormecido em nuvens

vindo dentro de uma árvore

metade das raízes,

a metade dos céus.

.

Este receio carregado de infância.

.

Alma pequena,

adormecida,

com esse fio de prata.

.

O vento as nuvens corpo estendido vencido

pela luz

não tenho mais a pedir

ervas aves e luz.

.

Vindo de tão perto.

*

O Roubador de Água de João Miguel Fernandes Jorge

Assírio e Alvim, Lisboa, 1981

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s