Daniel Maia-Pinto Rodrigues

VII – como se escrito no passado de Daniel Maia Pinto Rodrigues

Há linhas de comboio que passam perto das praias.

As automotoras vinham e iam

iam e vinham, e eu, no calor de agosto

olhava-as com respeito e sem grande simpatia

mas sereno e preenchido

por não saber para onde se dirigiam, ou

o que ali andavam a fazer

nos trilhos ao sol por onde se afastavam.

*

de Daniel Maia-Pinto Rodrigues

como se escrito no seu passado,

Porto, Texto Sentido, 2014

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s