Miklós Radnóti

Bilhetes Postais, 4 – Miklós Radnóti

 

Eu caíra a seu lado, o seu corpo convulso

era como uma corda tensa, pronta a estalar.

Um tiro na nuca – Terás igual destino, –

murmurei para comigo, – basta jazeres em paz.

Floresce morte agora a paciência.

De cima soou – Der sringt noch aug 1

Secavam na lama e sangue em minha orelha.

 

1 – “Esse ainda se põe de pé” em alemão no original

 

Poetas Húngaros, organização prefácio e notas de Zoltan Rozsa

Porto Edições Limiar, 1991

Miklós Radnóti, 1909- 1944

trad. Teresa Balté

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s