Christos Kyrkindanos

Comentário à exposição de Christos Bokoros no Museu Benaki – Christos Kyrkindanos

Comentário à exposição de Christos Bokoros no Museu Benaki

 

Salve, pintor do mundo!

Que não nos falte sabão, uma toalha, frugalidade na mesa,

duas azeitonas e pão.

E os copos cheios do vinho de Cristo. E que não nos falte

um recosto.

Para sustermos o sonho e o corpo, para

celebrarmos a expiação.

Nós não seremos escravos dos tempos magros. Nós

carregamos o

mito humano às costas. Não é isso que nos diz a tua

arte?

 

Vive e tem esperança.

 

Christos Kyrkindanos, tradução de Rosa Salvado Mesquita

Revista DiVersos de Poesia e Tradução

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s