Curtas / José Cardoso Pires

Passagem de República dos Corvos, José Cardoso Pires

«A esposa solitária deixou de cantar o oh, Leonilde is love e nunca mais veio à janela interrogar os fumos do comboio.»

*

República dos Corvos, José Cardoso Pires

(Lisboa: Edições Público, p. 66)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s