Rui Tinoco - Poesia

Batalhas de Mário, general romano…

Num único dia de batalha, travado sob milhares de pés e cascos, os Cimbros foram destroçados. Alguns dos inimigos em fuga suicidaram-se. Outros foram mortos pelas suas próprias mulheres, que, de seguida, mataram os filhos e finalmente puseram fim às suas próprias vidas. In Generais Romanos, Adrian Goldsworthy, Esfera dos Livros, Lisboa, 2007, p. 169). … Continuar a ler

Sublinhados

O general mais experiente… antes da batalha de Pidna

Nasica expressou por palavras os seus sentimentos, instando o cônsul a atacar imediatamente para impedir que Perseu retirasse. De acordo com (Tito) Livio, (Emílio) Paulo respondeu-lhe: «Das muitas vicissitudes da guerra, aprendi quando lutar e quando recusar batalha. Perguntarás pelas minhas razões, em outra ocasião; agora, bastará que aceites a palavra de um comandante experiente». … Continuar a ler

Rui Tinoco - Poesia

Sobre uma passagem do livro «Memórias da Grande Guerra» de Jaime Cortesão

neste capítulo a autobiografia evoca explosões, crateras, a notícia de um gás venennoso que se infiltra no próprio poema. imagino o autor a fugir dos disparos da artilharia mas depois, numa dessas noites, a tirar notas para mais tarde descrever as explosões no interior de um amplo quadro que toda a gesta do CEP merece. … Continuar a ler