Latest Entries
Nervo

Revista Nervo 1: nova revista portuguesa de poesia

 NERVO quase a chegar: nova revista de poesia contemporânea “As coisas só existem porque há poetas por perto”. Assim escreveu, Agustina Bessa-Luís no seu livro Breviário do Brasil. Assim, acreditamos nós, também, e assim trabalhamos para que seja possível integrar os poetas na vida quotidiana, aproximando-os dos seus leitores. É esta ideia que está na base … Continuar a ler

Escritas em prosa / Giorgi Agamben

Estado de exceção e início de regimes totalitários

… mas o fim da República de Weimar mostra, ao contrário e de modo claro, que uma “democracia protegida” não é uma democracia e que  paradigma da ditadura constitucional funciona sobretudo como uma fase de transição que leva fatalmente à instauração de um regime totalitário. Estado de Exceção de Giogio Agamben Editorial Boitempo, tradução de … Continuar a ler

Eufeme

Eufeme n 06: lançamento

Informamos que: no dia 10 de Janeiro de 2017 é lançado o magazine de poesia Eufeme n.º 6. Esta edição conta com 94 páginas e com a participação dos poetas: Alberto Pimenta; Ana Barbeiro; Eduardo Bettencourt Pinto; Eduardo Quina; Fernanda Fatureto; Howie Good*; João Camilo; José Manuel de Vasconcelos; José Rui Teixeira; Maria F. Roldão; Mark Young*; Nuno … Continuar a ler

Curtas / Rui Tinoco - Poesia

“teoria do verso em rosebud” de Rui Tinoco

No dia 18 de Dezembro de 2017 é lançado o livro “teoria do verso em rosebud” de Rui Tinoco, sendo este livro o n.º 12 da colecção “Poetas da Eufeme”. O lançamento como já vem sendo hábito não será em local específico. O preço é de 5€; e os pedidos podem ser feitos através do nosso site, ou nas livrarias Poetria no Porto … Continuar a ler

Escritas em prosa / Giorgi Agamben

Estado de exceção e a divisão de poderes – Giorgio Agamben

Isso significa que o princípio democrático da divisão dos poderes hoje está caduco e que o poder executivo absorveu de fato, ao menos em parte, o poder legislativo. O Parlamento não é mais o órgão soberano a quem compete o poder exclusivo de obrigar os cidadãos pela lei: ele se limita a ratificar os decretos … Continuar a ler